terça-feira, 19 de agosto de 2008

Você já teceu sua teia hoje? Ande, vamos logo! Levante o rabo da cadeira!



Observo na Teia a metáfora do fazer poético. Tecer é escrever, trabalho árduo; e a aranha: o poeta. A teia - o poema - entrelaçado de um mínimo fio/verso, resistente, atraente, cuja função é abrigar no seu centro a aranha; ocultando o objetivo real: seduzir o inseto para devorá-lo. A teia antes de tudo é útil à aranha. É a natureza da aranha tecer, não uma opção; se é bela, se seduz, não é acaso. O belo é sua estratégia de sedução.

foto de: Adri Souza

2 comentários:

De FDP todo mundo tem um pouco disse...

a aranha é uma safada.
fica seduzindo pra depois comer ahuhusauhshuasuhashuas

Fabiola disse...

Então, quando ouço falar em teia me vem a mente NETWORKING... vai além da tradução literal de "rede".
Pra mim é mesmo uma teia.
Vc não está apenas LIGADO em rede, a gtn está PRESO a ela.
Desde que entrei no mundo empresarial há zilhares de anos estou presa a uma networking.

Mas ela me faz bem assim como já fez bem a muita gente "ligada" a mim através dela.

Nunca me senti PREDADORA como a aranha,mas já me vi em algumas situações, presa a minha própria teia.
Enfim, vc sempre nos fazendo refletir Nando...

Enquanto reflito... bóra "tecer" mais um pouquinho rsrsrsrs e tá ficando graaaaaaaande isso...
bjo