domingo, 13 de maio de 2007

Mãe


Não importa cor ou credo...
Rica ou pobre...
Mãe é sempre mãe...
Sempre presente
Na dor,na doença, na alegria,
Em cada momento da nossa vida
Lá está ela já com algo em mente
Mãe querida, amada, sofrida...
Ignora as discriminações da sociedade
Em prol do seu amor e se preciso for
Da a sua própria vida
Esquece-se de si mesma
Por desejar a vitória do filho
E ao vibrar com as vitórias alcançadas
Nem se lembra de seu próprio mérito
Mãe é como uma flor...
É carinho, cuidado, proteção,
Compreensão, doação, perdão...
Mãe resume tudo o que é amor!
Mãe é a própria canção de amor,
Tocada suavemente em nossos corações..

Majestosa e serena
carrega em seu ventre
o ser mais querido
por ela esperado...
É a melhor das imagens
é doce e altaneira
e se entrega ao dom
sentindo o prazer
de ter em si outro ser
crescendo...existindo.
Sabe que é árduo o caminho
mas segue firme, sorrindo
porque vive a beleza do estado
com prazo determinado
e com um final feliz aguardado.
Esse tempo de gestação
é a preparação
para sua entrega total
e para após o parto, afinal,
ser chamada de Mãe!
Mãe para a vida inteira,
Mãe para o choro e o riso
Mãe para o alimento e o conforto
Mãe para a alegria e o desgosto
Mas para sempre MÃE

Agradeço a você mãe
Todo o amor por minha vida!

Um comentário:

deusa disse...

passadinha rapida pra agradecer mais uma vez por tudo e por a dadiva que é te conhecer! um gde beijo amoreco!